sábado, 7 de agosto de 2010

A TORRE OLÍMPICA DE 2016 NO RIO DE JANEIRO (?)

Acabo de receber estas imagens que estão circulando na Europa. É o projeto da Torre das Olimpíadas de 2016, que terá como sede o nosso Rio de Janeiro.Eles informam que o desafio é projetar uma estrutura vertical, na Ilha de Cotonduba que, além de ter a função de torre de observação, torna-se-á um símbolo de boas vindas para quem vêm ao Rio por via Aérea ou Marítima.
O "Solar City Tower" também inclui outras características. Anfiteatro, auditório, cafeteria e lojas estarão acessíveis no piso térreo, através do qual também um elevador público vai levar os visitantes a diferentes observatórios, e uma plataforma retrátil para a prática de bungee jumping.


No topo da torre você poderá desfrutar de toda paisagem ao redor da ilha onde será realizada a queda de água do que será o ponto de referência aos jogos olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro.

Seu design permite a utilização de energia solar durante o dia para os painéis localizados ao nível do solo, enquanto o excesso de energia produzida é canalizada para bombear a água do mar para o interior da torre, produzindo um efeito de queda de água na piscina. Esta água é reutilizada simultaneamente através de turbinas para produzir energia durante a noite.



Estas características permitem-lhe atribuir o título deste projeto sustentável na
torre, seguindo os pressupostos da Terra, da Cimeira da ONU de 1992, que também ocorreu no Rio de Janeiro.



E que venham mais projetos. Desde já, quero muito que seja de um Arquiteto Brasileiro. E que seja escolhido não por ser ele um brasileiro, mas pelo fato de ser o projeto mais convincente para o mundo.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

PESQUISA CONFIRMA: OS POLÍTICOS BRASILEIROS SAO OS MAIS CAROS DO MUNDO.

Tudo bem que eles precisem de dinheiro, afinal de contas todos nós necessitamos. Porém, precisarem mais ainda que os políticos de países mais ricos que o nosso? Por favor. Vergonha.
video
O que fazer, se somos obrigados a ir no dia 3 de outubro até uma urna digital?

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

PEDOFILIA

Maomé se casou com uma menina com menos de 6 anos. Mas já se passaram 1.500 anos de desenvolvimento do islã. Porém em 2009, 450 noivos casaram-se, em terras de Hamas, com noivas na idade por volta de 7 anos. Um evento de gala foi realizado em Gaza: Hamas patrocinou o casamento comunitário para esses 450 "casais". A maioria dos noivos tinha seus 20 e poucos anos e a maioria das noivas tinham menos de 10 anos. Chefes mulçulmanos estavam presentes na festa para felicitar os casais com trajes a rigor. "Estamos mostrando aos EUA e ao mundo que podemos negar a alegria e a felicidade" Todos os noivos receberam de Hamas $500 como presente, e cada noiva pré-pubere, vestida de branco e com maquiagens extravagantes, lhes presentearam um buque de rosas.

"Nós apresentamos esse casamento como presente para o nosso povo que se manteve firme em frente ao local e em toda a guerra", disse o homem forte do Hamas (Ibrahim Salaf) em seu discurso. As fotos do casamento tem como sombra uma história sórdida. A Agencia Internacional para pesquisa sobre Mulheres estimam que atualmente existam mais de 51 milhões de meninas noivas em todo o mundo e quase todas em países mulçumanos. Dados revelam que 29% dessas meninas noivas são regularmente espancadas e maltratadas por seus maridos. No Egito, 26% sofrem abuso sexual.

Cada ano, segundo a UNICEF, 3 milhões de meninas mulçumanas são submetidas à mutilação genital. Essa prática tem sido proibida em muitas partes do mundo. A Prática islâmica de pedofilia vêm desde os tempos do Profeta Maomé, ele acumulou 11 esposas e muitas concubinas. Após a morte da sua primeira esposa, Kadhja, em 619, ele coordenou visitas aos alojamentos de suas mulheres ao longo de seus ciclos mentruais. A sua capacidade para as atividades sexuais parecia nao ter fronteiras. Sahih, um dos textos islâmicos mais antigos confima essa prática. Em uma das perguntas feitas a Anas teve-se como resposta que o profeta tinha a potencia sexual de 30 homens. No meio dessas iguarias, o Profeta manteve inúmeras amantes incluindo Rehiana, mantida em seu cativeiro "judeu". Suas esposas e amantes eram obrigadas pelas leis mulçumanas a satisfazerem suas necessidades sexuais a qualquer hora do dia ou da noite e ao profeta está reservado o direito de "gozar do topo da cabeça até a sola dos seus pés". Isto não parece ser terrível aos relatórios Kinsey, pelo menos nos casos de Aisha, esposa favorita de Maomé, filha de seu amigo e fiel seguidor Abul Bakr. Assim que ele pôs os olhos sobre Aisha, começou a fantasiar sexo com ela. Mas tinha um problema, naquela época, a garota tinha de 4 a 5 anos e ele, um homem de 50.
E, no entanto, o Profeta não perdeu tempo em realizar sua fantasia. Ainda quando Aisha tinha 6 anos, ele pediu a mão de Aisha em casamento ao Amigo. Logo alegou que o casamento era perfeito aos olhos de deus e o Pai da menina concordou. Tratou de, por misericórdia a garota, permití-la levar os seus brinquedos ao novo alojamento. O Casamento se consumou quando Aisha tinha 9 anos de idade, não porque era muito pouca a idade de seis anos, mas pelo fato de durante três anos ela ter ficado doente de alopécia.

A Pedofilia nao foi praticada apenas por Maomé, mas também sancionada pelo Corão. No debate sobre a espera de que se confirme que uma mulher esteja grávida antes do divórcio, o texto sagrado diz: "Se você está em dúvida quanto a uma de suas esposas que deixou de menstruar, sabe que o período de espera deverá ser de três meses. O prazo se aplica mesmo àquelas que nunca hajam menstruado".(65-4)
Para os Mulçumanos, o homem pode ter relação com uma menina tão jovem quanto um bebê, mas nao poderá pentrá-la. Poderá sim, ter práticas sodomistas, porém em caso de penetração ele terá que responsabilizar-se pela sua subsistência durante toda a vida. Esta menina no entanto nao contará como uma de suas esposas permanentes. Poderá casar-se com uma irmã da mesma. Para eles é melhor casar a filha jovem para que a primeira menstruação ocorra na casa do esposo, do que deixá-la ter a menarca na casa dos pais. O pai que casa a filha antes de menstruar, tem um lugar permanente nos céus.
(Artigo distribuído nas ruas de Madrid-ES, em julho de 2010)